terça-feira, 2 de dezembro de 2014

Certificação Linux Foundation System Administrator

Bom dia, pessoal!

     Pra quem pensa em obter uma certificação Linux, essa é uma boa e conceituada. 
Gostaria de vos apresentar as certificações da Linux Foundation. Esta é uma instituição sem fins lucrativos. Fundada em 2007 pela fusão dos Open Source Development Labs (OSDL) e do Free Standards Group (FSG), a Linux Foundation patrocina o trabalho do criador do Linux, Linus Torvalds, e é suportado pelas principais empresas de Linux e Open Source e desenvolvedores de todo o mundo.

     Existem dois níveis de certificação, a para System Administrator (LFCS) e a para Engineer (LFCE). Elas são provas práticas, semelhantes ao que passamos em nosso dia a dia de administrador de ambientes Linux e de suporte e criação de serviços. Os conteúdos são bem semelhantes aos da LPIC 1 e 2, porém ratifico que são práticas, vocês têm que colocar a mão na massa. Não adianta somente estudar a teoria, é interessante que se instale máquinas virtuais de uma das distribuições Linux que a prova oferece, que são o OpenSuse, o CentOS e o Ubuntu Server, os quais você pode escolher um para fazer seu exame. Caso tenha escolhido um, mas não está se sentido seguro para fazer a prova, pode trocar de distro até três dias antes da prova.

      Os exames custam U$300 cada. Eu acho caro, mas se comparar com a LPI, ainda sai mais barato, pois na LPI são duas provas por U$180 cada. Sem contar que você deve se deslocar para um centro credenciado da VUE ou Prometric. Nas certificações da Linux Foundation você faz a prova em casa. Mas para isso existe alguns pré-requisitos, como dar permissão de monitoramento da sua Web Cam, e sua tela, você não pode falar com ninguém, não pode ficar atrás de uma janela, entre outros. No Guia de Preparação para a Certificação tem explicando tudo isso.

     Um detalhe é que a prova é em inglês, ainda não existe opção de idiomas, somente inglês. Por isso aconselho a quem for fazer que tenha uma base, pelo menos técnica de leitura e escrito, pois é preciso falar (escrever, pouco) por chat com o avaliador.

     A prova tem duração de 2h e a nota mínima para passar é de 65%.

     A Linux Foundation não deixar comentar sobre a prova, essa é uma cláusula do contrato. Mas os conteúdos não são difíceis de encontrar. O blog TecMint, através de um de seus contribuidores, Gabriel Cánepa, destrinchou cada assunto abordado na prova de certificação sysadmin - LFCS. Esse guia está dividido em 10 partes e vale muito a pena estudar por ele. Eu fiz minha revisão estudando por cada assunto do blog que estava disponível na época, não eram todos, mas serviu. Segue o link -->>> http://www.tecmint.com/sed-command-to-create-edit-and-manipulate-files-in-linux/
O Gabriel ainda está elaborando sobre os conteúdos da LFCE --->> http://www.tecmint.com/installing-network-services-and-configuring-services-at-system-boot/

Espero que tenham tirado suas dúvidas a respeito desses novos exames de certificação Linux, os quais vale a pena. Estou satisfeito por ser um Linux Foundation System Administrator - LFCS. E agora estou me preparando para a LFCE, se Deus quiser em janeiro/fevereiro obtenho a minha.

Um grande abraço e qualquer dúvida estou a disposição!

5 comentários:

  1. Eduardo, particularmente não conhecida as provas da LF. Parabéns pela publicação e certificação.
    Qual a validade delas?

    Abraço!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Wenerck, tudo blz?
      Elas têm validade de 2 anos, mas se fizer umas cotas de ensino e cursos da Linux Foundation ela pode ser prorrogada, pois valida que ainda estás estudando sobre os assuntos.

      Excluir
  2. Eduardo, boa noite.

    Gostei muito de saber dessa nova prova que não é tao nova assim, então como se dá a aprovação é como na lpi? a prova é dificil moderada? Obrigado

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Leandro, desculpe-me pela demora em responder.

      Então, ela é nova, vai fazer um ano agora em agosto que ela foi lançada. Se comparar a LPI, que desde que me entendo de gente que ela já existe. Entendes?

      Em relação a aprovação, ela não é tão conhecida e tão consolidada quanta a LPI, por isso é possível que não é reconhecida logo de cara, mas se você a tiver e mostrar como foi a prova, os conteúdos e ela por ser prática, com certeza agregará muito no seu curriculo.

      Sobre o nível, a prova LFCS é tranquila, se você tem domínio na parte prática da coisa na parte de administração de usuários, editor de texto, e os demais assuntos. E se não souber de cara, saber aonde encontrar dentro do próprio Linux, como o man e --help, você desenrola a prova.

      é bom praticar bastante, mas não é coisa de outro mundo. Vale a pena.

      Meu empregador reconhece e ainda fala isso aos seus clientes com orgulho. ;)
      Abs

      Excluir
  3. Boa noite.
    Legal sua abordagem sobre esta certificação, fiquei sabendo hoje e estava pesquisando sobre o assunto, estou pensando em tirar, mas vi no site que mudará parte do conteúdo em 01/02/2016, vou me preparar para a versão nova, vão adicionar bastante coisa comparado com o conteúdo anterior.
    Será que ela tem visibilidade internacionalmente? No Brasil não tinha ouvido falar sobre ela.
    Abço.

    ResponderExcluir