segunda-feira, 21 de abril de 2014

Força Aérea Brasileira compra drone para vigiar espaço aéreo dos estádios na Copa do Mundo

FAB comprou um novo drone israelense da Elbit System, o Hermes 900, com autonomia de voo de até 30 horas e pode chegar a uma altitude de até 9 mil metros, com previsão de chegada em maio.


        Uma unidade do modelo Hermes 900, fabricado pela israelense Elbit Systems, chegará em maio e já estará pronto para a competição, que começa em junho, informou o chefe do Centro de Logística da Aeronáutica, brigadeiro Ricardo Mangrich.

        A Aeronáutica já possui quatro modelos menores, os Hermes 450 (autonomia de até 16 horas e chegava ao teto de 5 km de altitude), que são usados desde 2011 para apoiar ações nas fronteiras, localizando áreas de narcotráfico e de contrabando durante as operações conjuntas das Forças Armadas.

        O contrato, de US$ 8 milhões, inclui suporte logístico e garantia de um ano do equipamento.

        O novo vant (veículo aéreo não tripulado), como é chamado no Brasil, terá um sistema chamado "SkEye", que comporta um conjunto de 10 câmeras de alta resolução que permitem a vigilância de uma região inteira, visualizando vários alvos e posições ao mesmo tempo.

         Para operar o sistema é necessário 10 pessoas. A Aeronáutica informou que o contrato foi assinado no dia 19 de março e será operado pelo Esquadrão Hórus, sediado em Santa Maria (RS).



Fonte: G1, São Paulo

Nenhum comentário:

Postar um comentário